domingo, 25 de janeiro de 2015

Oposição reunida na residência da vereadora Cristiane Bacelar reforça a unidade do grupo.



A residência da vereadora Cristiane Bacelar, Solidariedade, foi mais uma vez palco de um encontro pra lá de descontraído e frutífero do grupo de oposição ao prefeito de Coelho Neto Soliney Silva PRTB, na noite deste sábado.




Os vereadores Márcio Almeida Presidente da Câmara; Luiz Ramos, vice-presidente, Lucinete Gonçalves, a Lú que é segunda Secretária e Osmar Aguiar, foram protagonistas do encontro. A anfitriã Cristiane Bacelar, era só felicidades.

participou também do encontro o suplente de vereador Raimundo Silva. 

O vice-prefeito de Coelho Neto, Sérgio Guanabara, que agora é também Superintendente da secretaria de estado da Agricultura Familiar esteve presente. O encontro serviu também para recepcionar Sérgio Guanabara, e Duduzinho como membros do governo Flávio Dino no município. 
A pauta principal da conversa foi a sucessão municipal para 2016, que se aproxima.  Durante a conversa foi traçado Linhas de estratégias com a participação de vários membros da oposição que integram as fileiras na busca de um Coelho Neto, livre das amarras da opressão, que estiveram participando do encontro.
Se ainda existe especulações sobre retorno do vereador Luiz Ramos ao grupo do prefeito Soliney isso nem foi abordado por lá. Os temas e subtemas discutidos ali foram de grande relevâncias para um Coelho Neto, a curto prazo.  
Para a vereadora Cristiane Bacelar que recebeu os companheiros de luta em sua casa, o encontro informal como este gera muito resultados positivo criando uma relação muito forte e de confiabilidade em cada um.       

sábado, 24 de janeiro de 2015

Prefeito de Coelho Neto Soliney Silva tenta jogar a população contra o presidente da Câmara, mas não cola.


  Não é de agora que o milionário prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (PRTB) tenta esconder a sua personalidade de carrasco ditador e perseguidor mostrando para a população uma de vítima, coitadinho, mas isso não cola mais, porque Coelho Neto, já está lhe conhecendo muito bem.
Será que Soliney esqueceu que o vereador Presidente da Câmara Márcio Almeida, PSD, foi durante 20 anos um dos mais próximos aliado seu, e lhe conhece como ninguém? Segundo Márcio Almeida esta é mais uma manobra corriqueira do Prefeito para deixar os vereadores sem condições de trabalhar com independência. Márcio Almeida acrescentou ainda, que esta não é a primeira vez em que o mandatário tenta fazer esta manobra.
Se em 2007, o valor do repasse para a Câmara era de R$ 89 mil e só era nove vereadores, como é que agora em pleno 2015, o prefeito quer repassar só 88 mil reais? Ano passado o prefeito Soliney já repassava R$ 130 mil. Porque é que agora ele quer repassar só 88 mil?  Então está claro que é perseguição.      
O vereador Márcio Almeida em momento algum agiu fora da lei.  Com os dados reais das receitas pediu só o que é de direito para manter o poder legislativo sobretudo em uma linha independente.
O vereador Márcio Almeida lembra que na última reunião em que esteve com o prefeito Soliney juntamente com os demais vereadores, como forma de pressionar os edis da Mesa Diretora o prefeito disse em auto e bom som que iria cortar o repasse.
Então Soliney vai demitir gente e botar culpa no Presidente da Câmara Márcio Almeida? Que quer isso prefeito. A população de Coelho Neto, é inteligente.  Não subestime o nosso povo.
A população e a nova Mesa Diretora da Câmara está confiante na imparcialidade e soberania da justiça que tem mostrado compromisso com a verdade fazendo justiça.  

Entrevista com Lúcifer, o Anjo de Luz




Pergunta: ONDE VOCÊ MORAVA?
Lúcifer: No Jardim do Éden e caminhava no brilho das pedras preciosas do monte Santo de Deus. [Ezequiel 28:13]
Pergunta:QUAL ERA SUA FUNÇÃO NO REINO DE DEUS?
Lúcifer: Como querubim da guarda, ungido e estabelecido por Deus, minha função era guardar a Glória de Deus e conduzir os louvores dos anjos. Um terço deles estava sob o meu comando. [Ezequiel 28:14; Apocalipse 12:4]
Pergunta: ALGUMA COISA FALTAVA A VOCÊ?
Lúcifer: (reflexivo, diminuiu o tom de voz) Não, nada. [Ezequiel 28:13]
Pergunta: O QUE ACONTECEU QUE O AFASTOU DA FUNÇÃO DE MAIOR HONRA QUE UM SER VIVO PODERIA TER?
Ilustração.
Lúcifer: Isso não aconteceu de repente. Um dia eu me vi nas pedras (como espelho) e percebi que sobrepujava os outros anjos (talvez não a Miguel ou Gabriel) em beleza, força e inteligência. Comecei então a pensar como seria ser adorado como deus e passei a desejar isto no meu coração. Do desejo passei para o planejamento, estudando como firmar o meu trono acima das estrelas de Deus e ser semelhante a Ele. Num determinado dia tentei realizar meu desejo, mas acabei expulso do Santo Monte de Deus. [Isaías 14:13,14; Ezequiel 28: 15-17]
Pergunta: O QUE DETONOU FINALMENTE A SUA REBELIÃO?
Lúcifer: Quando percebi que Deus estava para criar alguém semelhante a Ele e, por conseqüência, superior a mim, não consegui aceitar o fato. Manifestei então os verdadeiros propósitos do meu coração. [Isaías 14:12-14]
Pergunta: O QUE ACONTECEU COM OS ANJOS QUE ESTAVAM SOB O SEU COMANDO?
Lúcifer: Eles me seguiram e também foram expulsos. Formamos juntos o império das trevas. [Apocalipse 12:3,4]
Pergunta: COMO VOCÊ ENCARA O HOMEM?
Lúcifer: (com raiva) Tenho ódio da raça humana e faço tudo para destruí-la, pois eu a invejo. Eu é que deveria ser semelhante a Deus. [1Pedro 5:8]
Pergunta: QUAIS SÃO SUAS ESTRATÉGIAS PARA DESTRUIR O HOMEM?
Lúcifer: Meu objetivo maior é afastá-los de Deus. Eu estimulo a praticar o mal e confundo suas ideias com um mar de filosofias, pensamentos e religiões cheias de mentiras, misturadas com algumas verdades. Envio meus mensageiros travestidos, para confundir aqueles que querem buscar a Deus. Torno a mentira parecida com a verdade, induzindo o homem ao engano e a ficar longe de Deus, achando que está perto. E tem mais. Faço com que a mensagem de Jesus pareça uma tolice anacrônica, tento estimular o orgulho, a soberba, o egoísmo, a inimizade e o ódio dos homens. Trabalho arduamente com o meu séquito para enfraquecer a igreja, lançando divisões, desânimo, críticas aos líderes, adultério, mágoas, friezas espirituais, avareza e falta de compromisso (ri às escaras). Tento destruir a vida dos lideres e da irmandade, principalmente com o sexo, ingratidão,coloco uns contra o outro julgamentos, falta de tempo para Deus e orgulho. [1Pedro 5:8; Tiago 4:7; Gálatas 5:19-21; 1 corintios 3:3; 2 Pedro 2:1; 2 Timóteo 3:1-8; Apocalipse 12:9]
Pergunta: E SOBRE O FUTURO?
Lúcifer: (com o semblante de ódio) Eu sei que não posso vencer a Deus e me resta pouco tempo para ir ao lago de fogo, minha prisão eterna. Eu e meus anjos trabalharemos com afinco para levarmos o maior número possível de pessoas conosco. [Ezequiel 28:19; Judas 6; Apocalipse 20:10,15]
 MEDITE NESSA MENSAGEM. VEJAM QUE FOI ELABORADA COM BASE NOS VERSÍCULOS BÍBLICOS…

Blog do Domingos Costa 

Pinto Itamaraty diz que PSDB foi plenamente contemplado no governo Flávio




Pinto traça os caminhos dos tucanos para  2016 e 2018
Pinto traça os caminhos dos tucanos para 2016 e 2018
O deputado federal Pinto Itamaraty (PSDB) conversou com um grupo de jornalistas sobre o cenário político e os rumos do PSDB. Pinto, que será empossado como primeiro suplente de senador, afirmou, diferente do que vinha sendo especulado, que os tucanos foram contemplados no governo de acordo com o que foi combinado e não motivos para reclamação dos espaços concedidos.
“O que foi combinado com o PSDB foi cumprido. Na montagem da chapa, as articulações foram feitas e o espaço do PSDB foi perfeitamente contemplado. Ficamos com a vaga de vice e de primeiro suplente de senador, que eram espaços inicialmente do PDT. Então, o PDT foi contemplado com mais espaços importantes no governo e eu ajudei na campanha do Julião [Amin]. O PSDB teve ainda a indicação do Neto Evangelista e outros espaços”, afirmou.
O deputado disse que terá uma missão política para o mandato do senador Roberto Rocha e o governo Flávio, sendo uma espécie de representante do mandato do senador no Maranhão. Aliás, Roberto irá implantar cinco regionais do mandato e, em São Luís, o suplente irá coordenar as ações.
Sem Comissões municipais
Os diretórios municipais do PSDB no Maranhão estão sem comissões. Segundo Pinto, os mandatos foram encerrados e, inclusive em São Luís, ainda serão convocadas pelo presidente estadual, Carlos Brandão, comissões provisórias para tratarem exclusivamente da realização das eleições para que se formem os diretórios.
2016
Pinto diz que o PSDB conversa com a pré-candidata Eliziane Gama, mas está ainda aberto. O deputado afirmou que a prioridade do partido é o fortalecimento da provável candidatura de Aécio Neves a presidente em 2018. Por isto, dará preferência a formulação de uma candidatura própria. “O PSDB é um partido importantíssimo e seu projeto maior está voltado para a eleição de presidente em 2018. Então as eleições municipais, principalmente nas capitais, passam por este projeto. Seja qual for o caminho – apoiar Edivaldo, Eliziane ou candidatura própria, esta meta deve estar na discussão”, afirmou.

Tesouro Nacional aponta aumento de repasse do FPE ao Maranhão


Dados mostram que repasse cresceu em relação ao mesmo período do ano passado

O Governo do Estado apresentou neste mês dados diferentes dos disponibilizados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) acerca da arrecadação oriunda do Fundo de Participação dos Estados (FPE).

Em nota emitida no dia 18 de janeiro, o Executivo maranhense informava que por conta da queda de arrecadação do Imposto de Renda e dos Impostos sobre Produtos Industrializados (IPI), “a segunda parcela do Fundo de Participação dos Estados (FPE), que será liberada nesta terça-feira (20), terá redução de 18,6% em comparação ao valor recebido em janeiro do ano passado”.

De acordo com o comunicado oficial, esse percentual de queda acarretaria numa perda de pelo menos R$ 70 milhões apenas na segunda parcela do FPE, na comparação com o mesmo período do ano de 2014.

Os dados disponibilizados pela STN por meio do Sistema de Informações Banco do Brasil (SisBB), no entanto, apontam para aumento da arrecadação estadual no segundo decênio de janeiro. Não queda.

Em 2014, a segunda parcela do FPE, em valores brutos, foi de R$ 81.101.636,75. Em 2015, a mesma parcela foi de R$ 93.222.272,07 – diferença a maior de mais de R$ 12 milhões.

Os valores líquidos, em 2015, também foram maiores do que os de 2014. No ano passado, o total da segunda parcela do FPE – excluídas deduções da Educação, Saúde e Previdência – foi de R$ 64.070.293,05, contra R$ 72.926.345,19 deste ano. Diferença de R$ mais de R$ 8 milhões.

Números – Apesar dos dados oficiais do Tesouro Nacional, a Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan) sustenta os números que apresentou há uma semana.

Em nota a O Estado, a secretaria informou que a suposta queda de R$ 70 milhões explica-se por conta de uma “diferença de dezembro de 2014”.

“A primeira e segunda parcela [do FPE] somaram R$ 359.835.201,00, onde está incluído o valor de R$ 77.024.680,00, referente a uma diferença de dezembro de 2014”, diz a nota.

O comunicado da Seplan, no entanto, não explica por que há discrepância entre os dados do Governo do Estado e os da STN. (O Estado)

DESEMBARGADOR GUERREIRO JUNIOR E LOURIVAL SEREJO SÃO OS FUTUROS PRESIDENTE E CORREGEDOR DO TRE-MA.


Guerreiro Junior e Lourival Serejo cumprirão meta do TSE.
Guerreiro Junior e Lourival Serejo cumprirão meta do TSE.
MARANHÃO - O próximo presidente do TRE-MA será o desembargador Guerreiro Junior, e o Corregedor Eleitoral será o desembargador Lourival Serejo. Os dois magistrados determinarão aos juízes das zonas eleitorais de todo o Estado para sentenciarem os processos de representações contra prefeitos e vereadores que são acusados de crimes eleitorais durante as eleições de 2012.
A fraude eleitoral de Codó e outras fraudes estarão sob julgamento da corte eleitoral nos próximos meses. Começa agora o corre-corre de prefeitos e vereadores atrás de bancas de advogados para os defenderem. Em muitos municípios a choradeira vai ser grande.

Sejap recebe representantes de ONG em visita a Pedrinhas


Representantes da organização não governamental nova-iorquina, Human Rights Watch (HRW), e da Rede Justiça Criminal nacional visitaram, na manhã desta quinta-feira (22), o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Os técnicos, que acompanham a aplicação dos direitos humanos nas cadeias do Brasil e no mundo, conheceram os primeiros resultados práticos da nova política de disciplina e das audiências de custódia adotadas pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e de Administração Penitenciária (Sejap).
O convite foi feito pelo juiz Fernando Mendonça, titular da 2ª Vara de Execuções Penais (VEP). “Hoje todo preso precisa ser ouvido nas primeiras 24 horas de sua detenção. Esse procedimento é feito no próprio Fórum Desembargador Sarney Costa, no bairro Calhau, e ajuda a Justiça a ter uma confirmação mais precisa sobre o processo investigatório. A intenção aqui é, também, mostrar a realidade aos técnicos dos órgãos representados, e receber deles sugestões e mudanças”, explicou o magistrado.
Depois de conhecer as instalações do Centro de Detenção Provisória (CDP), a equipe avaliou de forma positiva os primeiros resultados da nova política de audiências de custódia. “Apesar de ver que necessita de melhorias, nas unidades de Pedrinhas não se vê superlotação”, avaliou Hugo Leonardo, diretor do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD).
A visita foi coordenada pelo secretário da Sejap, Murilo de Oliveira; e pelo secretário-adjunto de Estabelecimentos Penais (Saep), major Frankie Ribeiro. “Felizmente conseguimos controlar o que antes parecia impossível. Hoje os presos cumprem suas penas trancados, saem nos horários estabelecidos pela legislação, e não há mais notícias nem suspeitas de entrada de armas ou drogas nas unidades da capital”, disse o major.
A comitiva conheceu, ainda, as instalações da Casa de Detenção (Cadet), e lá testemunharam que houve diminuição na lotação das celas. “As avaliações devem ser transformadas em uma espécie de relatório que será devolvido ao Estado com o objetivo de contribuir na sugestão de melhorias para a manutenção do sistema”, pontuou Maria Laura Canineu, uma das diretoras da ONG internacional.
Responsável pela manutenção de escritórios em pelo menos 15 cidades em todo o mundo, a HRW também tem como prática a elaboração de relatórios sobre a violação à carta dos direitos humanos com o objetivo de chamar a atenção da comunidade internacional para os abusos cometido dentro dos presídios. No Brasil, a Rede Justiça Criminal é formada por outras sete organizações sediadas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.
Também participaram da visita, representando a Human Rights Watch, os diretores Cesar Munoz e Daniel Wilkinson; e da Rede Justiça Criminal, as coordenadoras do projeto-piloto de audiência de custódia em São Paulo, Amanda Hildebrand e Ana Luiza Bandeira. O Poder Judiciário do Maranhão foi representado, ainda, pelo juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís.

VEREADOR DA CIDADE DE GUIMARÃES AGRIDE DEFICIENTE E É PRESO EM FLAGRANTE.

GUIMARÃES - Na cidade de Guimarães aconteceu um fato que revoltou a cidade. O vereador Hélio Moreira agrediu um deficiente mental com uma garrafa durante uma bebedeira em um bar. A vítima, conhecida como “Peixe”, sangrou bastante e foi levada para o hospital Maria Alice Coutinho. Como não havia nenhum médico para atendê-la, o jeito foi levar para uma casa de saúde em Cururupu. O vereador foi preso em flagrante delito.

Prefeito Edivaldo realiza visita ao Centro Histórico

O prefeito Edivaldo esteve no final da tarde desta sexta-feira (23) visitando o Centro Histórico de São Luís para conferir as melhorias que já foram feitas no local, resultado da parceria entre Prefeitura e o governo do Estado, e que estão sendo coordenadas pela subprefeitura do Centro Histórico, criada recentemente pela gestão municipal.

As primeiras ações de revitalização da área foram iniciadas este mês e incluem limpeza e lavagem das ruas e escadarias, varrição e coleta, manutenção da iluminação pública, poda de árvores, restauração do calçamento e reforço na segurança. "Nós estamos hoje fazendo uma visita e acompanhando o trabalho da subprefeitura nessa área. Por meio da parceria com o governador Flavio Dino, estamos intensificando os serviços e cuidando melhor deste que é um patrimônio tão valoroso para nossa cidade", disse Edivaldo. "A população já sentiu uma melhora significativa ao longo desses quase trinta dias de 2015, que começa com muitas ações para melhorar a infraestrutura da cidade e a vida da população", completou o prefeito.

Ao lado do subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique Farias Carvalho, e dos secretários municipais Lula Fylho (Governo), Guilherme Marques (Turismo), Batista Matos (Comunicação), dos presidentes da Func, Marlon Brandão, e do Instituto Municipal de Paisagem Urbana, Luís Carlos Borralho, e do vereador Osmar Filho, Edivaldo percorreu as ruas do Centro Histórico, conversou com comerciantes, com populares e turistas, que agradeceram as melhorias já promovidas no local. "Estamos muito otimistas com as ações que estão sendo realizadas aqui no Centro Histórico. Podemos ver um local mais limpo e com a presença da polícia, o que é um fator muito importante para todos que transitam por aqui", disse o presidente da Associação dos Artesãos do Centro Histórico, Gilberto Guerreiro.

Ações

O subprefeito, Fábio Carvalho, explicou que as ações que estão sendo executadas pela prefeitura em parceria do governo no Estado na área vão deste a segurança pública até as ações de infraestrutura básica. "Logo estaremos iniciando novas ações de infraestrutura, com revitalização de casarões, banheiros públicos e outros pontos que merecem maior atenção, como as praças", revelou.

O secretário municipal de Governo, Lula Fylho, fez uma avaliação positiva das ações realizadas até agora. "O resultado disso confirmamos no contentamento por parte dos empresários e das pessoas que aqui transitam. Vale ressaltar que isso é apenas o começo, mas que já sinaliza para o fato de estarmos no caminho certo", disse. Para dar mais segurança à população, comerciantes e turistas que visitam o local, também foi reforçada a segurança na área, por meio da realização de operações ostensivas e aumento do efetivo policial em todo Centro Histórico.

Entre as intervenções previstas para a próxima etapa estão a instalação de lixeiras subterrâneas, a reforma dos banheiros do Mercado das Tulhas e a implantação de uma base da Polícia Militar na Praça Nauro Machado, que também será utilizada pelo Batalhão de Policiamento Turístico. Também serão desenvolvidas, na área do Centro Histórico ações de saúde, a exemplo do projeto "Crack: é Possível Vencer", que prestará assistência à população de rua e atendimento aos usuários da droga.

A ação será coordenada conjuntamente pelas secretarias de Saúde municipal e estadual. Serão incluídas também na etapa seguinte de revitalização do Centro Histórico ações específicas de divulgação e promoção do local, para estimular o turismo na área, a partir da ativação de diversos equipamentos culturais para recepção os turistas e visitantes da área, segundo informou o secretário municipal de Turismo, Guilherme Marques.

SUPERAÇÃO: Estudante maranhense com Deficiência e de escola pública obteve nota máxima na Redação do ENEM


Estudante Nota Mil

O jovem maranhense Luís Henrique de Sales Santos, de 19 anos, está entre os 250 estudantes com nota máxima (Nota 1.000) na Redação do ENEM 2014, dentre os 6,2 milhões de brasileiros que fizeram a prova.

A conquista alcançada por Luís Henrique é ainda mais exitosa ao observarmos que mais de 500 mil estudantes de todo o país tiraram nota Zero na Redação.

Filho de funcionário público e de uma dona-de-casa, o jovem, que perdeu 25% da audição por consequência de uma paralisia cerebral, estudou toda a sua vida em escola pública, sempre se destacando por suas notas altas.

No ano passado, Luís Henrique procurou o Curso Wellington, encontrando o apoio necessário para dar continuidade ao sonho de estudar em uma Universidade Federal. Realizou pela primeira vez o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), onde obteve nota máxima na Redação (mil pontos), o que o levou a escolher o curso dos sonhos: Ciências da Computação.

O apoio dos pais, a dedicação aos estudos e o amor à leitura foram os recursos usados por Luís Henrique para se sobrepor às dificuldades aparentes que teve de enfrentar.

"Sempre fui estudioso e com frequência estou com um livro na mão ou lendo uma reportagem. Vou além do que a escola me dá", afirmou o estudante.

Para o educador Carlos Wellington, proprietário do Curso Wellington, o estudante Luís Henrique, PCD (Pessoa Com Deficiência), é motivo de orgulho, por ser um exemplo de superação.

"Luís Henrique é um exemplo de superação, dedicação, persistência e a prova de que, quando se sonha e se luta por um objetivo, não há dificuldade que impeça sua realização. O Curso Wellington sente-se honrado em ter contribuído para tal conquista", destacou o professor Wellington.

Artigo do Chico Leitoa: Velhas novas tarde de domingo


De 15 horas até as 19, do ultimo domingo, 17.01.2015, eu e dona Beta vivemos algo inusitado. Depois da presença dos netos, filhos, irmãos e alguns sobrinhos, eis que nos achamos a sós, na paz e no cenário bucólico do Sítio BG. Espaço sagrado que há vinte e um anos, tem nos propiciado grandes momentos.

Pois bem, de repente, menos o segurança, todos foram embora e ficamos apenas Eu e Beta, ela numa cadeira de espaguete e eu numa rede. Dentro das limitações de sua voz, conversamos bastante. Nesse período ela saboreou um mousse de bacuri e um copo d’água servido por mim, e eu, como é praxe, umas três taças de vinho Tinto Seco, de olho no diabetes.

Os pássaros que ainda não foram vitimados entoavam sons raros e belos, enquanto desfrutávamos da ampliada paisagem, decorrente de um trabalho de roço recente. De repente dona Beta, pegou seu iPad e com seus movimentos frágeis, fez soar, musicas de Billy Nelson. As letras em inglês, claro, não nos permitiam entender, mas a melodia não tem idioma e como se conjugada com o ambiente, nos fez viver um grande momento e reviver muitas coisas.

Lembramos inclusive de um domingo de 1997, logo depois do termino do primeiro mandato, em que compramos uns dois quilos de mandi dourado e resolvemos vir só nós ao BG. A Beta mesma fez o almoço, cozinhando todo o peixe, pois sempre aparecia alguém. O peixe estava uma delicia dona Beta sempre soube cozinhar bem. Como não apareceu ninguém, almoçamos e sobrou bastante. Deitamos cada um numa rede, no mesmo local que agora e depois de um bate papo, agarramos no sono. Acordamos ao cair da tarde e ninguém apareceu. Perguntei: cadê o povo? Sorrimos bastante da situação, pois em outros "carnavais" era impossível.

Evitamos falar de problemas, lembramos de quando compramos o BG, registramos numa fita o primeiro final de semana, a alegria do Luciano com 13 e o David com 11 anos, Gabriel, Rafael, Toinho, Pedro e Elias, todos mais ou menos da mesma idade brincando ao redor da casa. Falamos dos netos e de planos e providências tudo relativo aos nossos habitates, claro para lhe oferecer melhor qualidade de vida, inclusive nas rampas de acessibilidades que acabamos de fazer aqui no sítio e na adaptação que estamos fazendo em nossa casa da Avenida Teresina que depois de trinta anos passa por uma modificação, totalmente vinculada às condições de saúde dela.

Outras lembranças fizeram parte da nossa tarde noite de magia que somente um forte sentimento de união propicia, num tempo que já se aproxima de 40 anos que estamos juntos.
...o quadro de saúde de Beta foi momentaneamente superado e olhei pra ela, sempre bonita, e lhe disse: isso é digno de registro, faltou o self...sobrou carinho.

(Por Chico Leitoa, inquilino de Pedro, Ana e Sofia, arranchado no BG com dona Beta)

SSP vai fazer apuração rigorosa do incêndio no Fórum de Buriti

A Secretaria de Estado de Segurança (SSP) está fazendo uma apuração rigorosa do incêndio no Fórum da Comarca de Buriti, ocorrido na terça-feira (20). O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, em reunião com presidente e o vice-presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), Gervásio Santos e Ângelo Alencar, nesta quinta-feira (22), informou que designou um delegado e uma equipe de policiais civis para coordenar os trabalhos no município.
Secretário Jefferson Portela e demais gestores da SSP reunidos com os magistrados
Na reunião com os magistrados, que teve a presença dos juízes Rodrigo Nina (da Comissão de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça) e Jorge Sales Leite (titular da Comarca de Buriti), o secretário informou que policiais civis e militares dos municípios mais próximos de Buriti foram acionados para dar apoio.

“Foi um fato motivado por um grupo pequeno já identificado”, informou o secretário Jefferson Portela aos juízes. O superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI), Dicival Gonçalves, presente na reunião, disse que cinco dos 12 envolvidos na ação criminosa estão presos. Eles foram localizados na região de Buriti em um trabalho das polícias Civil, Militar e Federal.

No encontro com os juízes, Jefferson Portela destacou a importância do entrosamento da SSP com a Justiça e afirmou que serão agendadas reuniões regulares entre gestores da SSP e dos fóruns do interior.

O presidente da AMMA, Gervásio Santos, disse que a atuação imediata da Polícia Militar evitou uma tragédia maior no Fórum. “Se não fosse a intervenção dos militares, o juiz Jorge Sales teria morrido”, contou.

Participaram do encontro, o delegado Geral da Polícia Civil, Augusto Barros; o comandante da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves; e o coordenador do Grupo Tático Aéreo (GTA), coronel Ismael Sousa.

Dilma e PT arrastam país para o escuro

Deus deu um recado aos brasileiros. Antes, algumas considerações.
Em entrevista à VEJA.com e ao programa “Os Pingos nos Is”, da Jovem Pan, Adriano Pires, do Centro Brasileiro de Infraestrutura, diz o óbvio: o país já vive um racionamento de energia, mas por outros meios. E por que ele afirma isso? Vamos ver. Já houve um tarifaço de 20% no ano passado e deve haver outro da ordem de 40% neste ano. Pra quê? Para financiar o setor e, sim, diminuir o consumo. O país também já convive com cortes de energia, como o havido na segunda-feira. Ou isso ou o colapso. Culpa da falta de chuva? Um pouco. Mas sobretudo da falta de planejamento.

A quantidade de besteiras do petismo na área assombra. E a situação só não é mais dramática porque o crescimento está na lona. O país não teria hoje energia para se expandir a modestíssimos 2%, por exemplo. E é certo que caiu numa espécie de círculo vicioso. A energia cara desestimula os outros investimentos, o que desestimula o… investimento em energia. Sic transit… O país chegou à atual crise por incompetência. Agora, o que se tem é um limite de infraestrutura mesmo.

A coisa vem de longe. Começou com os petistas tendo a ideia iluminada de tabelar a taxa de retorno das empresas que investissem no setor. O capital privado se mandou. É por isso que Belo Monte, por exemplo, é tocada basicamente por recursos públicos. Nem a China define taxa de retorno. Mas sabem como é o petismo e suas luzes trevosas. Aí Dilma Rousseff, sempre muito competente em criar a fama de competente, resolveu enfiar goela abaixo do setor a MP 579, que baixou a tarifa na porrada. O que já estava ruim foi para o desastre. E se chegou à atual situação.
Desde novembro de 2009, quando o Brasil ficou às escuras, especialistas e imprensa tentam discutir a real situação do setor elétrico no país. Inútil. Tudo termina num paredão chamado Dilma Rousseff. Qualquer outra crise em curso no país não foi fabricada principalmente pela atual presidente. Ela pode, sim, ser sócia do erro, mas não a sua protagonista. Na área energética, especialmente no setor elétrico, não há como dividir as culpas. Ela sempre pintou e bordou. Fez o que quis, com o resultado que se vê agora.

O governo segue com um discurso esquizofrênico a respeito. O Operador Nacional do Sistema admite o pico de consumo, que levou ao blecaute; Eduardo Braga, ministro de Minas e Energia, insiste na versão edulcorada do problema técnico. Mesmo assim, anunciou nesta terça a entrada em ação das termelétricas a óleo da Petrobras, o que vai adicionar 867 megawatts (MW) ao sistema até o dia 18 de fevereiro. Falou ainda em outras “medidas” envolvendo Itaipu. Então ficamos assim: para todos os efeitos, não há problema de energia no país, mas o governo anuncia a entrada em funcionamento das térmicas da Petrobras.

O problema desse tipo de conversa é a insegurança que gera. O primeiro item de qualquer investimento produtivo de monta se chama “energia”. Pires apontou em Os Pingos nos Is um paradoxo de que já tratei aqui no dia 5 de novembro. Quando o petróleo estava a US$ 100 o barril, o Brasil vendia combustíveis a preços subsidiados, abrindo um rombo na Petrobras. Agora que está a US$ 40, gasolina e diesel têm um preço abusivo. O mesmo acontece com a energia elétrica: quando era abundante, era cara; quando passou a ser escassa, os gênios da lâmpada (ooops!) decidiram derrubar a tarifa, e o resultado está aí.

O PT está de parabéns: o mundo tem hoje energia, não importa a fonte, abundante e barata. No Brasil, é escassa e cara. Os companheiros ainda não desistiram de assombrar a lógica, o mercado e o bom senso.
Ah, sim: em entrevista nesta terça, o ministro Eduardo Braga recomendou que a gente reze para chover. Então tá… “Meu divino São José/ dá-nos água com abundança…”. Fico pensando, assim, no olhar incrédulo de Deus: “Como é? Vocês elegem o PT quatro vezes e depois querem jogar a culpa nas minhas costas? Estou muito ocupado! Falem com o Lula, aquele que pensa ser o meu superior…”.

FONTE: Reinaldo Azevedo

Gastos com imagem de Dilma foram maior do que campanhas de saúde

A Presidência da República ocupou o topo dos gastos com publicidade da administração federal. No ano que fechou o primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, os desembolsos em campanhas chegaram a R$ 210,9 milhões. Os gastos do órgão superaram Pastas com propostas importantes no setor, como o Ministério da Saúde, responsável por campanhas que promovem informação ao cidadão sobre os direitos de acesso aos serviços de saúde.
A maior parcela dos gastos da Presidência foi destinada à publicidade institucional, que tem como meta a divulgação de informações sobre atos, obras e programas governamentais. Essa categoria da despesa somou R$ 161,7 milhões da verba utilizada pela Presidência.
Dentre as campanhas institucionais da Pasta em 2014 está a que visou dar visibilidade e sustentação à atuação do governo federal na realização da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, “fortalecendo atributos positivos da imagem do País”. O conceito publicitário adotado foi “A Pátria de Chuteiras vai entrar em campo. Vibra Brasil!!!”, e a campanha contou com filme, spot , vinheta eletrônica, anúncio para revista e jornal, mobiliários urbano e painéis.
Já a publicidade de utilidade pública, que tem objetivo de informar e orientar a população para adotar comportamentos que tragam benefícios reais na melhoria da qualidade de vida, recebeu R$ 48,3 milhões dos cofres da Presidência.
As agências de publicidade que receberam por serviços de publicidade de utilidade pública e institucional da Presidência da República foram Propeg, Nova/SB, Leo Burnett e Art Printer Gráficos Ltda.
O órgão ainda destinou R$ 707 mil em serviços de publicidade legal. Essa categoria da publicidade utilizada pelo governo federal é responsável pela publicação de avisos, balanços, relatórios e outros comunicados de órgãos e entidades da administração pública federal obrigados a divulgar por força de lei ou regulamento. A EBC Serviços distribui aos veículos de comunicação a publicidade legal dos órgãos federais.
O Ministério da Saúde, que tradicionalmente ocupa a ponta das despesas com publicidade, fez o caminho inverso nos gastos de R$ 209,9 milhões realizados no ano passado. A publicidade de utilidade pública é responsável por 90% da verba desembolsada pelo órgão (R$ 188 milhões). Já a publicidade institucional da Pasta somou apenas R$ 3,7 milhões. A publicidade legal levou R$ 18,3 milhões dos cofres da saúde.
A cargo do Ministério da Saúde esteve, por exemplo, a campanha de combate à dengue no ano passado, que chamava atenção para o aumento do perigo da doença e da responsabilidade da população em ajudar na diminuição dos casos. A Pasta também realizou campanhas para promover a prevenção às DST’s e aids, a tuberculose e a hanseníase, dentre outras.
Gastos gerais
Ao todo, os gastos com publicidade do governo federal atingiram R$ 1,1 bilhão em 2014. O montante é 10% maior do que o desembolsado em 2013. O aumento geral acontece no ano em que o Brasil vivenciou as eleições mais acirradas da sua história. O crescimento dos gastos com propaganda é uma tendência comum em anos eleitorais, quando os governos se dedicam à divulgação das atividades realizadas durante o mandato.
A maior parte dos recursos foi destinada aos serviços de publicidade de utilidade pública: R$ 441,1 milhões. O montante total destinado às campanhas institucionais foi de R$ 331,7 milhões. Outros R$ 231,9 milhões destinados aos serviços de publicidade legal.
Na conta de gastos do governo federal com publicidade ainda é possível encontrar os serviços “mercadológicos”, para os quais foram aplicados R$ 53,8 milhões em 2014. Esse tipo atividade se destina a lançar, modificar, reposicionar ou promover produtos e serviços de entidades e sociedades controladas pela União que atuam numa relação de concorrência no mercado. Em resumo, essa modalidade de propaganda serve para promover produtos e serviços.
Outros órgãos
Apesar de não atingirem mais de R$ 200 milhões com gastos em publicidade, como a Presidência da República e o Ministério da Saúde, outras Pastas também apresentam números relevantes com as rubricas. O Ministério das Cidades, por exemplo, ocupou o terceiro lugar no ranking, com desembolsos de R$ 179,9 milhões. A Pasta realiza campanhas para a redução de acidentes de trânsito.
Já o Ministério do Turismo destinou R$ 102,8 milhões para publicidade no ano passado. Além de incentivar brasileiros e estrangeiros a viajarem pelo país e os profissionais do setor a comercializarem destinos nacionais, a Pasta também foi responsável pela campanha contra a exploração sexual de crianças, que aconteceu durante a Copa do Mundo.
FONTE: Veja