MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Confirmado: Márcio, Luis Ramos, Lú e Joaquim Filho estão na oposição.



Depois de uma reunião com o prefeito Soliney Silva PRTB, nesta terça-feira, 30 de dezembro, os Vereadores Márcio Almeida, Luis Ramos Lucinete Gonçalves a Lú, e Joaquim Filho, decidiram que militarão mesmo no campo de oposição ao prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva.  


O líder do governo o vereador Raimundão tentou articular esta reunião, mas não negou para Márcio Almeida que o prefeito ainda exigia a renúncia dos cargos da mesa diretora. Informado do intento o vereador Márcio Almeida, e os demais não foram à reunião.

A segunda tentativa partiu do secretário Domingos Dias que negou que o prefeito pediria renúncia. Por isso os 4 vereadores aceitaram ir à reunião.  
Segundo o Presidente da Câmara Márcio Almeida, no início da conversa Soliney tratou com muita cordialidade os edis transparecendo de que tinha mesmo mudado de opinião, mas o momento amistoso durou pouco e o prefeito mais uma vez declarou a mesma conversa de que os vereadores tinham que renunciar os cargos na mesa para retornarem a base aliada.  

Diante do exposto, o Presidente da Câmara Márcio autorizado pelos demais companheiro disse que a partir daquele momento sairia daquela reunião como oposição definida.  

Soliney perguntou Márcio Almeida se ele estava consciente do chumbo grosso que viria pela a frente e Márcio foi enfático em dizer, “sei sim, estou consciente, ficarei do lado do povo,”.
Em conversas com o Portal Leste Maranhense, o vereador Presidente da Câmara Márcio Almeida em seu gabinete acompanhado do vereador Luis Ramos, declarou publicamente que tanto ele quanto os outros três serão sim a partir de agora oposição ao prefeito Soliney Silva.        

MENSAGEM DE ANO NOVO DO PREFEITO JOSÉ LEANE DE AFONSO CUNHA


terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Com Leonan Fonseca nem tudo foram flores



Dr. Leonan dentro da roça em que Chico Bal foi assassinado no dia do crime
É compreensível a insatisfação da população em especial das que fazem parte das redes sociais com a violência em Coelho Neto. Culpam o atual delegado e até pedem a volta de Dr. Leonan Fonseca, como medida pra estancar esta violência que campeia em Coelho Neto, mas os tempos de Leonan não foram tão bons assim não viu.  

A gestão do delegado Leonan Fonseca em Coelho Neto, e região teve o seus momentos de glória, mas também deixou algumas coisas a desejar inclusive crime sem respostas causando insatisfação a população.

Raimundinho assassinado em Santa Maria, nunca pegaram o assassino e pouco foi feito pra isso. 

Velório de Chico Bal. Um acontecimento triste e que está impune até hoje. 



O assassinato a tiros do proprietário rural Francisco Ribeiro Gaspar o   Chico Bal, que tinha mais de 80 anos no Povoado Volta no dia 25 de maio de 2013, e o brutal assassinato do jovem Raimundo Nonato Aguiar da Silva de 21 anos ocorrido no Povoado Santa Maria, em novembro de 2013, são dois exemplos do que estamos falando. Embora tenha tido muitas cobranças da população os comoventes crimes nunca recebeu a atenção devido por parte do delegado muito, menos ouve esforços para a elucidação.

No dia da tragédia ocorrida com Chico Bal, Dr. Leonan e sua equipe esteve no local colheu preliminarmente precisas informações que pudesse chegar ao assassino e a possíveis mandantes, mas nunca se chegaram a lugar algum.

Quando se fala da atuação de Dr. Leonan Fonseca em Coelho Neto, tem muita coisa boa que ele fez, mas o crime do Chico Bal, que até hoje está impune tirou muito o brilho de sua biografia. Com o processo arquivado quem lembra e conheceu Chico Bal e acompanhou de perto como ele foi assassinado, tem muita que reclamar de Dr. Leonan e jamais pediria o seu retorno para Coelho Neto.
    

Muitas felicidades Francisca Torres Paraízo



Quem esteve de aniversario neste sábado dia 27, foi a coelhonetense e leitora do Portal Leste Maranhense, em Recife, Francisca Torre Paraizo, ou simplesmente a Fran.


 Francisca Torres Paraizo, trabalha no grupo industrial João Santos, em Pernambuco. Filha de Dona Deusinha e do senhor Ozael Pontes Paraizo, Fran é carismática atenciosa e sobretudo aguem que nunca esquece suas origens.
  
 Seu Ozael foi fornecedor de engenho no meu querido Cafundó.

A ela desejamos vida longa e felicidades por mais esta volta ao sol, que ela deu. Fran desejamos muitas felicidades a você, e agradecemos ao mesmo tempo por ser leitora do Portal Leste Maranhense em terras pernambucanas, mais precisamente no Recife.