MAIS OBRAS

MAIS OBRAS

Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Cansada de esperar, população faz operação “tapa-buracos” em Apicum-Açu

População realiza serviços de tapa-buraco em Apicum-Açu
Revoltada com a atual situação em que se encontra o município, populares da cidade de Apicum-Açu resolveram arregaçar as mangas por conta própria e tapar os inúmeros buracos existentes na cidade.

Prefeito de Apicum-Açu, Cláudio Cunha
A atitude se deu pelo fato da incansável espera, já que o prefeito Cláudio Cunha (PV) nada faz para tirar o município da lama. Apicum-Açu está localizada há 299 km da sede da capital.

Basta uma rápida passagem pela cidade para deparar-se com ruas intrafegáveis e buracos por todas as vias, fora o acúmulo de sujeira em todos os cantos.

O mutirão realizado pelos moradores tem minimizado a quantidade de crateras que são encontradas pelas ruas do centro de Apicum-Açu. A falta de responsabilidade do prefeito tem sido cobrada nas redes sociais e até mesmo na Câmara Municipal.

Cunha segue em seu segundo mandato, no entanto, parece ter abandonado a cidade de vez.

A indignação dos moradores é devido a falta de atitude e trabalho do prefeito, que observa dia após dia a deterioração da cidade e nada faz para reverter o descaso.

A falta de compromisso tem ocasionado em constantes manifestações contra a gestão de Cunha, que já responde por improbidade administrativa por ter descumprido decisão judicial com relação a nomeação dos concursados do município.

As denúncias que chegaram até o blog não param por aí. A situação é crítica em todos os setores.

Na educação, a falta de professores e o atraso nas aulas são algumas das reclamações e na saúde, a falta de profissionais e suporte para prestação de serviços são mais graves ainda. Vale lembrar, que os recursos recebidos e as licitações firmadas pelo prefeito Cláudio Cunha são de chamar de chamar atenção.

São contratos milionários e normalmente fixados com as mesmas empresas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário