Mensagem da Semana

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM!

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Estudante do CEUMA é preso dentro de sala de aula após matar o pai e atear fogo no corpo

Lucas de Sousa Almeida, estudante da 
Universidade Ceuma, Campus Renascença.
Preso, o universitário confessou a autoria do delito alegando que foi motivado por ter sido agredido pelo pai quando tentava manter uma conversa amistosa. 


A Polícia Civil do Estado do Maranhão efetuou, na semana passada, a prisão de Lucas de Sousa Almeida, estudante da Universidade Ceuma, Campus Renascença, em razão de ter matado a golpes de faca e, em seguida, ateado fogo no corpo do pai, o senhor José Bonifácio de Almeida, 75 anos.

O corpo foi encontrado no último dia 30 de março, no interior do imóvel da vítima, localizado na Rua 21 de Abril, Vila Tiradentes, Área da Vila Maranhão, em São Luís.

De acordo com apuração do Blog do Gilberto Lima, o idoso foi amarrado, esfaqueado e o corpo colocado em uma rede onde foi incendiado.

O Plantão Central de Homicídios da SHPP, após fazer a investigação de local de crime, representou pela prisão temporária que foi cumprida esta semana pela Delegacia de Homicídios da Área Sul.

O preso confessou a autoria do delito, sustentando que teria sido agredido pelo pai quando tentava manter uma conversa amistosa. Lucas ainda admitiu que ateou fogo no corpo para tentar simular um incêndio e apagar os vestígios do crime de homicídio.

Após a investigação comprovar a autoria do crime, o universitário foi preso dentro da sala de aula. No momento da prisão, os policiais colocaram um pano no rosto do assassino para que não fosse filmado ou mesmo fotografado por outros estudantes que ficaram estarrecidos com a ocorrência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário